quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Trio Mossoró - Praça dos Seresteiros (15/09/2011)

O Trio Mossoró começou em 1956, na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Nort, por três irmãos: João Batista, o João Mossoró, Hermelinda, a Ana Paula e Carlos André, o Oséas Lopes. Nesse período, um locutor da Rádio Tapuyo, ouvindo o Oséas cantar, fez a ele o convite para o trio fazer participações no rádio. Em 1959, Oséas foi sozinho para o Rio de Janeiro e começou a atuar no rádio. Depois, chamou os dois irmãos para irem também. O Trio começou a fazer grande sucesso, e os irmãos tentaram, então, levar outro irmão, o Cocota, que também era grande cantor. No ano de 1961, já estava tudo acertado para o Cocota ir se juntar aos irmãos. O Cocota decidiu fazer uma festa de despedida em Mossoró. Ele enfiou o pé na jaca, tomou todas, e acabou dormindo em uma rede. E foi lá que foi assassinado com trinta e oito furadas de tesoura. Esse fato ficou marcado na história do Trio Mossoró. Logo depois, em 1962, apadrinhado por João do Vale, o Trio gravou o primeiro disco, chamado “Rua do Namoro”. O Trio Mossoró gravou 10 LPs. Esse que o Acervo Origens disponibiliza hoje é o quarto. É realmente incrível o talento dos irmãos. A Hermelinda “Ana Paula” canta demais, tem uma voz lindíssima, digna de figurar entre as grandes cantoras do forró. A primeira música, Canto de Outrora, de Antônio Barros, já surpreende pela qualidade. A faixa 4 do Lado B, Praça dos Seresteiros, é uma homenagem emocionada ao irmão cantador Cocota, que por pouco não transformou o trio em quarteto.

   
Lado A

1-O canto de outrora (Antonio Barros)
2-Êta coração (Antonio Barros)
3-Quero te agradar (Antonio Barros)
4-Esse não me mata (Antonio Barros)
5-Rompeu Aurora (Antonio Barros)
6-Homenagem a Messias Lopes (Oséas Lopes – João Mossoró)

Lado B

1-Por amor demais (João Mossoró – Gebardo Moreira)
2-Caçador do Sumaré (João Mossoró – Abdon Santos)
3-Lamento de saudade (Anastácia – Dominguinhos)
4-Praça dos seresteiros (Antonio Barros – Òseas Lopes)
5-Ponte Rio-Niterói (João Mossoró – Gebardo Moreira)
6-Santo de Barro (Iremar Leite)

Nenhum comentário: