terça-feira, 1 de abril de 2008

Tributo a Gonzagão - Exposição 60 anos de Baião

Terça-feira passada, dia 25/03, aconteceu na Câmara dos Deputados em Brasília a Exposição 60 anos de Baião - Tributo a Gonzagão.
Organizada pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), a mostra expõe objetos pessoais do Mestre Lua como óculos, sanfonas, telefone e até um pinico. Estavam presentes para abrilhantar esta tarde a irmã de Luiz Gonzaga, Chiquinha Gonzaga, o sobrinho Joquinha e o neto Sérgio.

Esta exposição de 300 peças, que pertenceram a Luiz Gonzaga, foram organizadas e catalogadas pela Fundação Vovô Januário, Exu – PE. Reginaldo Silva, presidente da Fundação, trabalhou ao lado de Gonzagão durante anos e reuniu o maior acervo que se tem registro sobre o Rei do Baião.

O Baião, que nasceu no calor das festas juninas nordestinas, foi criado por Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga, o “Doutor” e o “Rei” do Baião respectivamente, e teve como marca o lançamento de “Asa Branca”, em 1948. A partir de uma batida alegre, este ritmo contagiante conta histórias de migração pela sobrevivência, celebrações à fertilidade, ao amor, à terra, aos seus costumes e à sua linguagem, uma verdadeira expressão do nordeste, sobretudo do sertanejo, portanto, seus cantores e compositores são muito mais do que simples inventores de modas pra dançar, são mensageiros das histórias de vida de um povo batalhador.

Um conjunto de eventos marca as comemorações:
a) Exposição 60 anos de Baião – Tributo a Gonzagão – 25 a 28 de março
na Câmara dos Deputados em Brasília.

b) Exposição Itinerante: a mesma exposição apresentada em Brasília, montada em Carreta Especial, percorrerá de 1 de abril a 30 de abril de 2008 São Paulo e a Grande São Paulo.

c) Inauguração de Busto de Gonzagão em São Paulo em ação conjunta com a Prefeitura da Cidade de São Paulo dia 30 de abril de 2008.

d) Show de 1º de Maio: com previsão de público de 1 milhão de pessoas será realizado na Grande São Paulo no Município de Carapicuíba, com a presença dos Gonzagas, Alceu, Zé Ramalho, Elba Ramalho, Zezé Di Camargo & Luciano, Edson e Hudson entre outros.

Mas o mais emocionante, para mim, foi conhecer a Chiquinha Gonzaga, irmã do Mestre Lua. Levei o LP Penerô Xerem pra ganhar um autógrafo dela e surpresa foi que ela me puxou pelo braço e pediu uma cópia do Lp. Lasquei-me, pensei. Estava atolado de coisa pra fazer quando saísse de lá, mas disse que ia copiar e levar pra ela no hotel.

Ao conversar com uma assessora de imprensa do evento, ela me disse que a Chiquinha comentou com ela que não ia dormir enquanto eu não levasse o disco pra ela.

Aí pronto ! Me senti na obrigação e com uma satisfação enorme de fazer esse favor a ela. Era eu rondando a exposição e a Chiquinha me puxava e dizia " Olha, você vai gravar esse Cd pra mim, né ? Eu gastei tanto dinheiro pro pessoal copiar pra mim e não tenho nada".

Enfim, satisfação à parte, compartilho com vocês um pouco deste dia, com fotos e um vídeo do Grupo Os Gonzagas com Sérgio na zabumba, Chiquinha cantando e Joquinha na sanfona cantando Estrela de Ouro.



E de quebra, aí vai o Lp "Penerô Xerém" da Chiquinha que agora está autografado por ela.

Ufa !!

Bom proveito !





Clique aqui para baixar (Download Here)

3 comentários:

Anônimo disse...

Gonzagão deve ser sempre homenageado, notei no vídeo a presença do Cantador e deputado federal Edgar Mão Branca. Dessa vez deixaram ele usar o seu chapéu de couro.

Bruno Negromonte disse...

Qual foi o ano de gravação deste LP?

Cacai Nunes disse...

Olá Bruno.

Infelizmente não consta no LP o ano de lançamento.

Abraço
Cacai