sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Uakti -(08.10.2010)

O UAKTI é um grupo intrigante, surgido em 1978 em Minas Gerais. É formado por Paulo Sérgio dos Santos, Décio de Souza Ramos Filho, Artur Andrés Ribeiro e Marco Antônio Guimarães, o idealizador e líder do grupo. Sua característica principal é utilizar instrumentos não-convencionais, fabricados pelos integrantes do grupo, principalmente por Marco Antônio Guimarães, com PVC, vidro, madeira, borracha e uma infinidade de materiais. Cabe dizer que não são instrumentos toscos, com som rústico ou primitivo. Ouvindo o disco, percebe-se que a construção deles passou por minuciosa pesquisa. Um dos integrantes do grupo, Artur Andrés Ribeiro, escreveu um artigo sobre o grupo, sua origem, história e propostas musicais (pode ser acessado aqui: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-40142000000200016&script=sci_arttext&tlng=pt). Lá tem as etapas e todo o processo de criação de instrumentos, conforme realizado pelo UAKTI. Tem também um texto que o sociólogo Herbert de Sousa, o saudoso Betinho, escreveu sobre o UAKTI, que peço licença para transcrever aqui, porque ele é cheio de mistério e poesia, parecido, portanto, com o som do UAKTI.

Minas Gerais, um estado particular e único do Brasil. Central, no meio de tudo, com extremos, mas sem se definir. Um lugar onde a vida e a morte conversam todo o tempo sem se despedir. Terra de Milton Nascimento, de João Guimarães Rosa e do UAKTI, sem mar, mas com imensidão. Terra onde a liberdade foi esquartejada na Inconfidência Mineira de Tiradentes no século 18, mas permanece de corpo inteiro. O lugar onde a liberdade dura ainda que tardia. Enfim, o mistério.
Foi lá que nasceu o UAKTI e só poderia ser. Quatro anjos vertidos em demônios entraram na música e fizeram uma grande filosofia pela via das notas, do estalo, do contraste, do espanto, da doçura e da violência sem limites do som que ultrapassa todas as barreiras. Transcenderam o tempo e o espaço, reescreveram Einstein por cima de toda relatividade. Foram tão acima de tudo que tiveram que inventar até os instrumentos. E inventaram como Deus fez no começo e o Diabo ajudou. Deus inventou a humanidade, o UAKTI inventou o instrumento da música.
Não se pode entender o UAKTI sem se levar esse choque do totalmente Deus e totalmente Diabo, uma coisa que todo mineiro entende e aqueles que podem praticam.
O fim do mundo está no começo e o UAKTI é esse Verbo (Herbert de Sousa – Betinho)

Esse disco é uma coletânea, lançada nos Estados Unidos, que junta algumas músicas dos três primeiros discos da banda. Verdadeiramente um disco para ouvir e viajar,

UAKTI

Lado A

1-      Promessas do sol (Promisse of the sun) Milton Nascimento/Fernando Brant
2-     Água/Vidro (Water/Glass) Marco Antonio Guimarães
3-     As 7 tribos (The seven Tribes) Marco Antonio Guimarães
4-     O ovo da serpente (The serpent’s eggs) Marco Antonio Guimarães
5-     A grande virgem (The grand virgin) For Walter Smetak Marco Antonio Guimarães/RufoHerrera

Lado B

1-      Dança das abelhas/flor de mel (Dance of the bees/Flower and honey) Marco Antonio Guimarães
2- Pendulo celeste For Halley’s Comet/Lua Ganimedes (Celestial pendulum/Ganimedes Moom)
Artur Andrés Ribeiro/Marco Antonio Guimarães
3- Arvore da Vida (Tree of life)
Marco Antonio Guimarães
4- Maracatu Elefante (Elephants Maracatu)
Marco Antonio Guimarães
5- Cio da Terra (The Earth in heat)
Milton Nascimento/Chico Buarque

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR


Um comentário:

Aluisio Neves disse...

Maravilhoso Trabalho!
Inspirador.
Obrigado Acervo.