quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Marvada Viola - Ao Capitão Furtado (15/12/2010)

Esse disco, gravado por Roberto Correa, João Lyra e Adelmo Arcoverde, com participações de Sivuca, Zé Mulato e Cassiano e Rolando Boldrin, conta, por meio das mãos de grandes violeiros, um pouco da história da viola caipira. O disco, lançado em 1986, foi patrocinado pela Funarte, e foi feito em homenagem ao Capitão Furtado. Esse foi o nome artístico adotado por Ariowaldo Pires, cantor e compositor, um dos pioneiros da música caipira. Ele nasceu em 1907, em Tietê, São Paulo, e era sobrinho de Cornélio Pires, o homem responsável pela primeira gravação da música caipira. Capitão Furtado teve intensa atuação no rádio, como cantor, divulgador da música brasileira e humorista. Dedicou a vida à música a ao rádio. Em  1979, após receber o troféu Chantecler pelos 50 anos de carreira, faleceu em São Paulo, aos 72 anos, vítima de parada cardíaca. Esse disco, gravado em 1986, é uma justa homenagem a esse grande homem.  O ponto alto do disco é, sem dúvida, a faixa 3, um pout-pourri que tem clássicos do cancioneiro caipira, trechos de textos do Capitão Furtado e a participação de Zé Mulato e Cassiano e Sivuca. Não fica atrás, também, Asa Branca, que tem uma interpretação bem caipira desse hino da música nordestina, com direito ao chocalho da cascavel soando.


Lado A

1-     Luar do sertão (João Pernambuco-Catulo da Paixão Cearense)
2-     Parecença (Roberto Corrêa)
3-     Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira)
Fim do mundo (Capitão Furtado)
Valsinha caipira (Roberto Corrêa)
Saudade de Matão (A. Silva, R. Torres, Jorge Galati )
O homem e a espingarda (Zé Mulato-Churrasco)
Destinos iguais (Capitão Furtado-Laureano)
Sertão do Laranjinha (Capitão Furtado-Tonico & Tinoco)
Saudade de Matão (A. Silva, R. Torres, Jorge Galati )
4-     Disparada (Geraldo Vandré-Théo de Barros)

Lado B

1-   Asa Branca (Luiz Gonzaga-Humberto Teixeira)
2-   Folia da esmilinguida (Roberto Corrêa)
3-   No quintal do matuto (João Lyra)
4-   Chalana (Mário Zan-Arlindo Pinto)
5-   Lambança Qu’imba-lança (Roberto Corrêa)
6-  Três histórias (João Lyra-Ivanildo Maciel)

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

Um comentário:

Bruno Grossi - BEGÊ disse...

Esse disco é bão d++++ eu tenho ele e adoro! Abraço