sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Os Tincoãs (05/08/2011)

A postagem de hoje é muito especial. Esse trio vocal, surgido na década de 60, fez um trabalho lindo e original inspirado na cultura negra brasileira. A maioria das músicas é autoral, mas eles conseguem uma sonoridade enraizada e, ao mesmo tempo, sofisticada, porque os arranjos e as execuções são perfeitos. Quem nunca ouviu nem ouviu falar, certamente vai se impressionar com a qualidade e com a beleza da música dOs Tincoãs. O grupo era formado, inicialmente, por Erivaldo, Heraldo e Dadinho, todos de Cachoeira, Bahia. O nome – Tincoã – deriva de uma ave do cerrado. Primeiramente, o grupo interpretava boleros e outros tipo de canções, sem sucesso. Em 1963, saiu Erivaldo e entrou Mateus. O grupo renovou o repertório, mergulhando fundo nos terreiros de candomblé, rodas de capoeira, de samba, e tudo o que produzisse som com cores africanas. Em 1973, gravaram um disco antológico, com músicas lindas e arranjos primorosos, cujo lançamento teve grande impacto.  Em 1975, a morte de Heraldo foi um baque enorme para o grupo. Ele foi substituído por Morais e, depois, por Badu, que participa desse disco que posto para vocês. Ele é o último gravado no Brasil, porque, em 1983, o grupo foi para Angola, permanecendo por lá até sua dissolução, em 2000, com a morte de Dadinho. Esse disco é muito bonito. Reparem nos arranjos vocais, que perfeição! Dou destaque para Cordeiro de Nanã, composição de Dadinho. Tem também Enterro da Iyalorixá, de autoria de Antônio Carlos e Jocafi, que, segundo a fala que tem no meio dela, deve ter sido composta para homenagear Maria Bibiana do Espírito Santo, uma Iyalorixá baiana muito importante. O disco também tem uns sambas incríveis, como Arrasta a cadeira e Deixa a baiana sambar. Tá aí um trabalho que não pode ser esquecido.


Lado A

1-Atabaque chora  (Mateus - Dadinho)
2-Lamento às águas (Adap. Mateus - Dadinho)
3-Canto de dor (Mateus - Dadinho)
4-Chão da verdade  (Mateus - Dadinho)
5-Romaria (Mateus - Dadinho)
6-Deixa a baiana sambar (Louvaim)

Lado B

1-Canto do Boiadeiro   (Adap. Mateus - Dadinho)
2-Enterro da Yalorixá  (Antonio Carlos - Jocafi)
3-Chapéuzinho vermelho  (Mateus - Dadinho)
4-Arrasta a cadeira (Mateus - Dadinho)
5-Cordeiro de Nana  (Mateus - Dadinho)
6-Acará (Mateus - Dadinho)


Na faixa Enterro de Yalorixá, texto falado por Adelzom Alves.
Na faixa Acará texto falado por Mateus Aleluia.

7 comentários:

Adriane Lopes disse...

Que maravilha o trabalhos destes caras!
Obrigada pela postagem...se souberes mais, tenho interesse em cantar este tipo de som!

J Thyme...kind disse...

Many thanks.

J Thyme...kind disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Felipe Borges disse...

Muito obrigado

Luiz Felipe Borges disse...

muito obrigado

Krsna Mohan | Luiz F. disse...

Link quebrado..... Teria como colocar um novo pfvr??? Não consigo esse disco de forma alguma :(

Cacai Nunes disse...

Link atualizado, Krsna.

Grato pelo alerta !

Abraços