sexta-feira, 6 de maio de 2011

Candomblé da Bahia - O candomblé de Luis Muriçoca (06/05/2011)

Luís Alves de Assis, ou Luís da Muriçoca, foi um famoso babalorixá do candomblé. Ele nasceu em 1920, e esteve à frente do terreiro Ilê Axé Ibá Ogum por várias décadas. O terreiro foi fundado em 1890, e localiza-se em Salvador, na Avenida Vasco da Gama, no Vale da Muriçoca. É justamente daí que Luís retirou seu nome. Como vários pais-de-santo de Salvador, Luís era bem relacionado, e ficou célebre sua amizade com o escritor Jorge Amado, que inclusive cita o babalorixá em vários de seus livros. Apesar disso, embora centenário, o terreiro Ilê Axé Ibá Ogum passou por vários contratempos, porque estava instalado em uma área de conflito fundiário, e, sem pagar o arrendamento por mais de 40 anos, nunca teve título de propriedade. Então, eram constantes as ameaças de invasão. Em 1994, quando Luís da Muriçoca estava com 74 anos, o terreiro estava sob ameaça de deslizamento da encosta do morro, em virtude das chuvas. Vários intelectuais baianos se mobilizaram, inclusive Jorge Amado, que mandou uma carta para a prefeitura. Mas nada foi feito, e, por sorte, ou por intervenção dos santos, a encosta não desabou, e Luiz da Muriçoca ainda pode viver até os 82 anos. Luiz da Muriçoca realizou trabalhos de divulgação do candomblé, que incluíram a gravação de LPs e a participação em filmes (ele representou o pai-de-santo Procópio D’ogum, no filme Tenda dos Milagres, de Nelson Pereira dos Santos). O disco de hoje, gravado em 1968 e relançado em 1983, traz canções conhecidas dos povos de santo.


Lado A

1-Babolorixá
2-Saudações a Exu
3-Saudações a Ogum
4-Saudações a Oxossi
5-Logunêdê
6-Obaluaiê

Lado B

1-Xangô
2-Iansã
3-Iemanjá
4-Ossaim
5-Alujá

Nenhum comentário: