quarta-feira, 18 de maio de 2011

Luiz Gonzaga - Xamego (18/05/2011)

Gravado em 1958, esse disco, de nome “Xamego”, tem um conjunto de preciosidades compostas sob a parceria de Miguel Lima e Luiz Gonzaga. Miguel Lima foi o primeiro parceiro de Luiz Gonzaga, antes de Humberto Teixeira, o mais famoso deles. Os parceiros na vida de Luiz Gonzaga foram tão importantes quanto sua sanfona. Luiz, por muito tempo, procurou bons letristas, poetas que pudessem ajudá-lo a compor. E encontrou. As biografias de Luiz Gonzaga mostram que muitas das músicas foram feitas unicamente por Zé Dantas ou Humberto Teixeira, tendo Gonzaga uma participação reduzida e, às vezes, nenhuma. E ele reconhecia isso. Uma vez, ele disse: "Eu nunca fui nem compositor, nem letrista. E sempre fui dependente de um bom poeta. Eu não gosto de fazer uma música do início ao fim, e as poucas que eu fiz não se deram muito bem. Eu faço o monstro e entrego ao poeta. Eu sempre fui um sanfoneiro. Com Zé Dantas, às vezes era parceria mesmo, outras vezes ele fazia letra e música e eu fazia os arranjos. Eu sou mais um “sanfonizador".

Miguel Lima foi um grande parceiro de Luiz Gonzaga. O primeiro sucesso da dupla foi em 1944, quando Carmem Costa gravou Xamego (a primeira faixa do Lado A). No ano de 1945, eles compuseram vários sucessos: a mazurka "Dança mariquinha", os chamegos "Penerô Xerém" e "Cortando pano", a valsa "Perpétua" e o samba “Dezessete e Setecentos”, todos eles presentes nesse disco da postagem de hoje. Miguel Lima também assina a autoria, em parceria com Waldir Azevedo, de Pedacinhos do Céu, uma das músicas mais notáveis do gênero Choro. Quando observamos a trajetória musical do velho Mestre Lua, constatamos que tudo o que ele fazia, fazia bem: tocar sanfona, dançar, cantar, compor e escolher parceiros. É inegável o talento de Miguel Lima. Foi, inclusive, no período da parceria de Luiz Gonzaga com ele que a carreira do Rei do Baião decolou. Esse disco de hoje, embora seja de Luiz Gonzaga, tem muito mais do que baião. Tem valsa, mazurka, samba, baião, maxixe. É imprescindível ouvir o disco inteiro.


Lado A

1-Xamego (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
2-Dança Mariquinha (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
3-Quer ir mais eu? (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
4-Três e trezentos (Miguel Lima – Gerson Filho)
5-Galo garnizé (A. Almeida - Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
6-Dezessete e setecentos (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)

Lado B

1-Cortando pano (Luiz Gonzaga – Miguel Lima – J. Portella)
2-O Xamego de Guiomar (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
3-Perpétua (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
4-Bamboleado (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
5-O torrado de Lili (Helena Gonzaga – Miguel Lima)
6-Penerô Xerém (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)

Nenhum comentário: