quarta-feira, 20 de julho de 2011

Nordeste: Cordel, Repente, Canção (20/07/2011)

Esta é a trilha sonora do filme de mesmo nome, dirigido por Tania Quaresma (que vive em Brasília), e que se transformou em uma referência dos registros da cultura nordestina. O LP, lançado em 1975, é um verdadeiro tesouro da cultura nordestina. Tânia cuidadosamente escolheu artistas de rua nordestinos, demonstrando sensibilidade aguçada, porque sua seleção é simplesmente espetacular, ainda mais considerando que, naquela época, esses artistas eram todos ilustres desconhecidos. Foi depois de participar desse disco que Zé Ramalho, que era roqueiro, aproximou-se da música nordestina. É lindo ouvir Caju e Castanha meninos, cantando que nem gente grande com suas vozes ainda infantis. No início da Faixa 2 do Lado A, eles falam um pouquinho sobre sua arte, e demonstram que já tinham aprendido bastante coisa. Diz-se que foi, também, o primeiro registro em áudio dos versos de Zé Limeira, o poeta do absurdo (Martelo Alagoano, faixa 4 do Lado A).  Além desses, o LP traz ainda Cego Oliveira, Otacílio Batista, Diniz Vitorino e outros. Simplesmente espetacular.


Lado A

1-     Verdadeiro romance de João Calais - Romance
(Editor proprietário João José da Silva com o cego Oliveira)

 2-    Embolada
(Com Caju 10 anos de idade e Castanha 7 anos)

3-    Martelo Agalopado – Improviso
(Diniz Vitorino-Silveira)

4-    Martelo Alagoano
(Zé Limeira-Zé Ramalho-Lula Cortêz)

5-    Canção do lenço
(Severino Pelado - “Olho de Gato”)

6-    Nas portas dos cabarés
(Antonio Lidio Fraustino com o cego Oliveira)

Lado B

1-         Gemedeira - Gênero de repente de viola
(Santinha e Misael)

2-        Princesa Isabel
(Improviso de José Pedro Pontual)

3-        Canonização do Padre Cícero
(Folheto de Pedro Bandeira com o autor)

4-        Grande debate de Lampião com São Pedro
(Folheto de José Pacheco com Manuel José)

5-        Gado bom quem tem sou eu – Toada de vaquejada
(Otacílio Batista com o autor)

6-        Um Adeus por despedida – Canção

2 comentários:

O Musicólogo Faminto disse...

Olá, amigos do Acervo Origens! Como fazemos para baixar o disco?

Acervo Origens disse...

Pronto, link atualizado !

Grato pelo alerta, Musicólogo Faminto

Abraço