terça-feira, 16 de agosto de 2011

Os Três do Nordeste - É proibido cochilar (16/08/2011)

Esse é um clássico dos clássicos dos salões de forró. Esse trio paraibano, que já teve diversas formações ao longo de quase 40 anos de existência, sempre esteve entre os melhores. O trio surgiu em 1969, com o nome Trio Luar do Sertão, formado por Parafuso, Zé Cacau e Zé Pacheco. Em 1972, adotou o nome Três do Nordeste.  Esse é o segundo disco do grupo, uma preciosidade que traz músicas que até hoje são obrigatórias no arrasta-pé, como É proibido cochilar e Homem com H. A produção é de Abdias. Ou seja, o negócio é bom. Nunca é demais lembrar que Os Três do Nordeste andam por aí fazendo shows e apresentações no Brasil inteiro. Eles fazem mais de 30 apresentações por mês. Quem nunca foi, não perca a oportunidade, porque esse trio é história viva do forró.  No blog, tem outro disco deles, mais recente (http://www.acervoorigens.com/2008/12/os-3-do-nordeste.html) .
]

Lado A

1-Voltar pra Bahia (Osvaldo Oliveira – Mary Monteiro)
2-É proibido cochilar (Antonio Barros)
3-Homem com H (Antonio Barros)
4-Ta faltando alguém (Severino Ramos – Joel Rohen)
5-Eu era feliz (Parafuso – Antonio Ceará)
6-Forro em São Miguel (Antonio Barros)

Lado B

1-Estorei no Norte (Zé Gilmar – Dibarrios)
2-Trabalha Mane (Zé Luiz)
3-Brasil expresso (Joça de Castro – Oscar Barbosa)
4-Meu grande amor (Parafuso – Antonio Ceará)
5-O casamento da Raque (Joca de Castro)
6-Eu vou meu bem (Parafuso – Antonio Ceará)

Nenhum comentário: