sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Guilherme de Brito - 1980



Texto: Gabriela Tunes 
1980 - Gulherme de Brito

Guilherme de Brito nasceu em Vila Isabel, Rio de Janeiro, no ano de 1922, em uma família de origem alemã e de muito gosto pela música. O menino, então, ganhou um cavaquinho aos 8 anos de idade. Com a morte do pai, aos 12 anos, começou a trabalhar como Office-boy na Casa Edison, e já arriscava as primeiras composições. Mais tarde, transferiu-se para o cargo de mecânico de máquinas de calcular, que ocupou até a sua aposentadoria.

Dentre suas melhores lembranças, constam a carona que pegava no carro do vizinho mais famoso, Noel Rosa, e a calçada da Dona Doca, que lhe servia de tela para desenhar com carvão as figuras da Revista Tico-Tico, as quais era obrigado a apagar com jatos d'água. 
Na escola, foi muitas vezes chamado a ilustrar o quadro-negro com os temas da aula. Como pintor, seu primeiro trabalho, um óleo sobre tela, data de 1966. Foram vários os prêmios que ganhou no ramo das artes plásticas, mas foi na música que teve mais destaque. Desde adolescente, compunha sambas, e teve vários deles gravados por cantores. 

Na década de 1950, conheceu Nelson Cavaquinho, e firmou com ele uma longa e frutífera parceria, fundamental para a própria música brasileira, porque fundia a poesia profunda de Guilherme com as belas melodias de Nelson Cavaquinho, produzindo verdadeiras obras-primas do samba. Em 1980, Guilherme de Brito gravou um LP, em que canta alguns dos sambas que compôs com Nelson Cavaquinho.

Nenhum comentário: