sexta-feira, 17 de junho de 2011

Aleluia Umbanda (17/06/2011)

Esse disco, que tem vários pontos de umbanda tradicionais, foi gravado por iniciativa de Ismael Rangel, ogã ligado ao Pai Élcio de Oxalá. Na tradição umbandista, os ogãs são os médiuns responsáveis pelo canto e pelo toque. A palavra Ogã tem origem no Yorubá, e significa senhor da minha casa. Considerando a centralidade da música nos rituais da umbanda, é possível ter idéia da importância e da responsabilidade dos ogãs nesses eventos. Os pontos, como são chamadas as músicas na gira, são responsáveis por conduzir todo o ritual. Eles marcam os momentos da defumação, abertura das giras, chamada, subida, sustentação dos guias e fechamento de gira.  Tradicionalmente, os ogãs são do sexo masculino. Isso se fundamenta no fato de que o ogã deve ter estabilidade emocional, que é dificultada pela sensibilidade mediúnica feminina, e pelos seus ciclos hormonais característicos. Os ogãs devem ser bem preparados, e iniciados como tais para poder exercer essa função em um Terreiro. Diz-se que são instrumentos puros dos orixás, que falam por meio de suas mãos e vozes.  A música é linguagem de expressão em várias manifestações da cultura afrobrasileira; ela é central, e, portanto, os instrumentos são também ferramentas pelas quais essas culturas nutrem profundo respeito. Assim é com os tambores na umbanda. Eles têm poder mágico e expressam a consagração espiritual, ligando os iniciados às divindades, e a realidade mundana ao universo sagrado. Então, ouçamos, com devoção, a música dos povos de santo.


 Lado A

1-Louvação a Oxalá (D.P.)
Abaluaê (D.P.)
Oxum da cachoeira (D.P.)
Oxum dos rios (Ismael Rangel – Onae)
Oxum pureza (Ismael Rangel – J.Ferreira)

2-Louvação aos caboclos (Ismael Rangel – Marina Pumar)
Sarava caboclo (Ismael Rangel)
Linda cabocla (Armando Carvalho – R. Figueiredo)

3-Suará (J.B. de Carvalho)

4-Pai Xangô (Ismael Rangel – Geraldo Gomes)
Livro de Xangô (D.P.)
Gino da cobra (D.P.)

5-Inhasã do cabelo louro (D.P.)
Inhasã menina (Ismael Rangel – Onae)
Moça bonita (J.B. de Carvalho – J.B. Junior)

6-Rainha do mar (J.B. de Carvalho – J.B. Junior)

Lado B

1-Atraca, atraca (J.B. de Carvalho – J.B. Junior)
Cacurucaia de Umbanda (Ismael Rangel – J. Ferreira)

2-Três estrelas (D.P.)
Festa no Abacá (Ismael Rangel)

3-Velho de Angola (Ismael Rangel – Boanerges Lavra)
Rosário sagrado (Ismael Rangel – Marina Pumar)
Cachimbo do velho (Ismael Rangel – Marina Pumar)

4-“Seu” Sete Encruzilhada (Ismael Rangel)
Exú da ventania (D.P)
Morada de Exu (Ismael Rangel – Onae)

5-Cavaleiro da alvorada (Ismael Rangel)
Clarim na lua (D.P.)
Cavaleiro do céu (Zé Pitanga – Dengoso)

6-Prece de Cáritas (D.P.)

Nenhum comentário: