terça-feira, 14 de junho de 2011

Roberto Corrêa - Um pequeno concerto (14/06/2011)

Roberto Corrêa é hoje um dos nomes mais importantes da viola caipira. Além de violeiro, ele é compositor e pesquisador. Nascido em Campina Verde, em Minas Gerais, no ano de 1957, veio morar em Brasília em 1975. Na Universidade de Brasília, graduou-se em Física e Música. A contribuição de Roberto Corrêa para a viola caipira se dá em múltiplos campos. Ele pesquisou as técnicas de violeiros tradicionais e as sistematizou; além disso, criou novas técnicas, que o permitem explorar melhor as potencialidades do instrumento. Como intérprete, ele se destaca pelo virtuosismo. Além disso, ele publicou livros, discos e vídeos como forma de divulgar sua densa pesquisa sobre a viola e sobre várias manifestações da cultura popular brasileira. Roberto Corrêa, inclusive, publicou um método para estudo da viola caipira. Por sua brilhante trajetória, obteve grande respeito entre os velhos mestres da viola, e tornou-se uma das principais referências para jovens violeiros. Esse disco da postagem de hoje é o segundo álbum de sua carreira.  Ele tem os clássicos dos clássicos do repertório da viola, tocados com sofisticação, delicadeza e técnica perfeita.  Reparem, na contracapa, que ele especifica quais violas utilizou em cada música. O disco também tem composições de Roberto Corrêa, como Araponga Isprivitada e Jararaca Chateadera. Destaco, também, a música Siriema, tocada com viola de cocho.


Lado A

01-Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira)
02-Araponga isprivitada (Roberto Corrêa)
03-Bachianos Nº 2 (Heitor Villa Lobos)
04-Lacuticho (Roberto Corrêa)
05-Siriema (Nhô Pai – Mario Zan)
06-Boiada Cuiabana (Raul Torres)

Lado B

01-Jararaca chateadera (Roberto Corrêa)
02-Chico Mineiro (Tonico – Francisco Ribeiro)
03-Pagode em Brasilia (Teddy Vieira – Lourival Santos)
04-Requenquem (Roberto Corrêa)
05-Saudades de Matão (Jorge Gallati – Raul Torres – A. Silva)
06- Anti-viola (Roberto Corrêa)

Nenhum comentário: